Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Doenças emocionais?

por Viver os Sonhos, em 01.10.13
 O texto que se segue não tem equivalência cientifica mas achei interessante para refletirmos sobre alguma das situações que aborda em termos de problemas de saúde. A autora Louise Hay foi a primeira a fazer uma correspondência entre um sintoma físico e uma determinada emoção reprimida ou sentida de forma intensa no corpo.

Isa

A Doença é um conflito entre a Personalidade e a Alma.
A Constipação ocorre quando o corpo não chora.
A Dor de Garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O Estômago arde quando a raiva não conseguem sair.
A Diabetes invade quando a Solidão dói.
O Corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A Dor de Cabeça deprime quando as dúvidas aumentam.
O Coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A Alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As Unhas quebram, estalam, partem quando as defesas ficam ameaçadas.
O Peito aperta quando o Orgulho escraviza.
A Tensão sobe quando o Medo aprisiona.
As Neuroses paralisam quando a "criança interna" é tiranizada.
A Febre aumenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Os Joelhos doem quando o Orgulho não se dobra.
O Cancro mata quando não se perdoa e/ou alguém se cansa de viver.
E as dores silenciosas? Como se expressam no nosso corpo? 

A Doença não é má, ela apenas avisa quando estamos no Caminho Errado.

O Caminho para a Felicidade não é recto!
Existem curvas chamadas Equívocos, existem semáforos chamados Amigos, Luzes de Aviso chamadas Família, e ajudará muito ter no Caminho uma peça de reposição chamada Decisão, um potente motor chamado AMOR, um bom seguro chamado Determinação, abundante combustível chamado Paciência.
Mas, principalmente, um maravilhoso Condutor chamado Inteligência, Consciência e Sensibilidade.


Celta Druida 

Beijinhos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Saúde: amor por si próprio!

por Viver os Sonhos, em 30.09.13
Vamos continuar com as afirmações. Desta vez dizem respeito à nossa saúde ou melhor dizendo como recuperar a saúde e evitar a doença. Já sabe como agir: escreva a frase num papel e coloque-o num sítio onde seja fácil a sua leitura várias vezes ao dia, desta forma está a reprogramar o seu inconsciente e trará essa realidade para a sua vida. Vamos começar?

Afirmações para ter boa saúde!

  • Amo o meu corpo
  • O meu corpo ama ser saudável. 
  • O meu sangue tem vida e vitalidade.
  • Cada célula do meu corpo é amada.
  • Eu Mereço ter boa saúde!
  • Sei como tomar conta de mim mesmo.
  • Sou mais saudável agora do que jamais fui.
  • Escuto com amor as mensagens de meu corpo. 
  • A minha saúde é radiante, vibrante e dinâmica. 
  • Sou grato por ter uma saúde perfeita. 


Louise Hay
 
Vamos começar a semana em grande! Sinta-se cheio de saúde, vitalidade e energia.   

Bom inicio de semana!

Beijinhos saudáveis!

ISA

Autoria e outros dados (tags, etc)


Abandonar vícios e medos

por Viver os Sonhos, em 29.09.13
  • Vejo qualquer padrão de resistência em meu interior apenas como algo especial a libertar.
  • Sou amado, nutrido e apoiado pela vida em si.
  • Estou fazendo o melhor que posso.
  • Casa dia fica mais fácil.
  • Desejo me libertar da necessidade de meus vícios
  • Vou além de meus vícios e me liberto.
  • Aprovo a mim mesmo e a maneira como estou mudando.
  • Sou mais forte do que meus vícios.
  • Agora descubro como sou maravilhoso.
  • Escolho amar e apreciar a mim mesmo.
  • É seguro para mim estar vivo.

Uma das formas primárias de mascarar os nossos medos é por meio dos vícios. Os vícios suprimem as emoções para que não sintamos. Entretanto, existem muitos tipos de vícios além dos vícios químicos. Existe o que chamo de vício padrão – padrões de comportamento que adotamos para evitar estarmos presentes nas nossas vidas. Se não queremos lidar com o que se encontra à nossa frente ou não queremos estar onde estamos, possuímos um padrão que nos mantém fora do contato com as nossas vidas. Para algumas pessoas, é o vício em comida ou químico. Existe uma predisposição genética para o alcoolismo; entretanto, a escolha de ficar doente é sempre individual. Frequentemente quando dizemos que algo é hereditário, na verdade é a manifestação da aceitação, por parte da criança, da forma como os pais lidam com o medo.

Para outros existem vícios emocionais. Pode-se ser viciado em encontrar defeitos nas pessoas. Não importa o que aconteça, sempre encontra alguém para culpar. É culpa deles. Foram eles que fizeram isso comigo.

Talvez esteja viciado em empilhar contas. Existem muitos de nós viciados em contrair dívidas; fazem tudo para manter a si mesmo endividados, o que não parece estar relacionado com quantidade de dinheiro que possuem.

Você pode ser viciado em rejeição. Em todos os lugares que vai só atrai pessoas que o rejeitam.  Entretanto a rejeição exterior é um reflexo da própria rejeição. Se você não se rejeita a si próprio, ninguém mais vai rejeitá-lo.

Existem pessoas viciadas na doença. Estão sempre doentes ou preocupados com doenças.

Se vai viciar-se em alguma coisa, por que não se viciar em amar a si mesmo? Pode se tornar viciado em fazer afirmações positivas ou a fazer algo que o apoie.  Os vícios acontecem porque não sabemos como nos amar a nós próprios. Temos medo de nos explorar; em vez disso usamos o vício para fugir da  nossa autodescoberta.

Se podemos mudar o que pensamos a respeito de nós mesmos, podemos parar de fugir, aprender a nos amar e descobrir o nosso poder interior.

Louise L. Hay

A meu ver este texto diz tudo! Muito interessante para a nossa autodescoberta!
 
ISA 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sintomas e sinais do stress

por Viver os Sonhos, em 15.07.13
Emocionais: irritabilidade, ansiedade, depressão, esgotamento, perturbações do sono (insónia, sono leve e não reparador, acordar várias vezes na mesma noite), problemas nas relações familiares, ataques de pânico, alienação e hipocondria.

Cognitivos: cansaço, dificuldades de concentração, de memória, de decisão me de aprendizagem.

Comportamentos: comportamento destrutivo e de risco (possível abuso de álcool, tabaco e drogas).

Fisiológicos: hipertensão, problemas cardíacos, défice no sistema imunitário, rigidez muscular, perturbações lombares, úlceraa pépticas.

Zen Energy de Junho 2013

Queridos amigos! Bom início de semana.
Sei que para muitos aproxima-se o período de férias ou já estão mesmo de férias. A todos desejo um bom descanso e reequilíbrio de energia. Aqui ficam os sinais e sintomas a que devemos prestar atenção, pois no período de férias centramos mais a nossa atenção em nós e por vezes, estes sintomas despoletam ou já existem e só aí tomamos consciência deles. Se for esse o caso não se descuide, procure ajuda

. Faz parte das férias tratar de nós fazer o ponto de situação do nosso estado físico, emocional e mental.

Boas férias!
Beijinhos relaxados.

Isa do blogue viver os sonhos3

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Alimentação espiritual!

por Viver os Sonhos, em 21.02.13

Um dia virá em que os seres humanos se contentarão com uma alimentação vegetariana, e julgarão a matança de um animal inocente como
hoje se julga o assassínio de um homem.
Leonardo da Vinci
O comer carne é a sobrevivência da maior brutalidade; a mudança para uma dieta vegetariana é a primeira consequência da iluminação.

Leon Tolstoi

Se os matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos.

Paul McCartney
Deveríamos ser capazes de recusar-nos a viver se o preço da vida é a
tortura de seres sensíveis.
Mahatma Gandhi
Nada beneficiará tanto a saúde humana e aumentará as hipóteses de sobrevivência da vida na terra quanto a evolução para uma dieta vegetariana.
A ordem de vida vegetariana, devido aos seus efeitos físicos, influenciará o
temperamento dos homens de uma tal maneira que melhorará em muito o destino da humanidade
 
Albert Einstein
 
Queridos amigos sonhadores!
Achei curioso estas citações que estabelecem um paralelismo entre a evolução espiritual e a adoção de uma dieta vegetariana. decidi partilhar convosco algo que tinha percecionado mas não entendia muita bem. Mas, talvez agora faça algum sentido. É o seguinte: já faz mais de 3 anos que deixei de comer carnes vermelhas e lacticínios. Primeiro achava eu, apenas por uma questão de saúde, pois sem motivo aparente, comecei a desenvolver algumas alergias e mau estar geral. Melhorei muito. Agora começo a compreender que coincidiu com o meu despertar espiritual. Deixo-vos as minhas reflexões e testemunho para que também vocês possam analisar o que se passa com a vossa alimentação. claro que não somos todos iguais, mas o nível vibracional de cada pessoa é influenciado diretamente pela alimentação.
A nossa alimentação espiritual também conta.
 
Voltarei com certeza a esta temática.
 
Bons sonhos.  
Isa 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Mensagens


subscrever feeds