Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Inversão de valores

por Viver os Sonhos, em 16.04.13
O Homem vive numa inversão de valores.
Em detrimento do que é, valoriza o que não é.
Apega-se à transitoriedade das coisas...
E não acrescenta quase nada de si!
Corre atrás do que se esvai...
Tenta deter os raios do Sol entre os dedos...
Prefere carregar a canga que o mundo lhe impõe aos ombros a sobralçar o jugo do senhor.
Exige dos outros o que não faz.
cobra o que não está disposto a pagar.
Sonha com o céu, sem renunciar à Terra!
Aponta erros alheios, qual se eles lhe fossem uma excrescência...
Não admite que ele mesmo não passa de lírio crescido no charco.
Por isso, entre vida e sai vida - ele pouco se altera.
Diríamos que avança milimetricamente.
Semelhante à Natureza, em seu processo de formação, através dos milénios.

 Carlos A. Baccelli, "Passo a Passo"

Queridos leitores!
Cada um de nós vive a sua vida pensando que faz tudo para a viver da melhor maneira possível, de forma honesta e justa. Pois bem, essa intenção já é muito. Porém, por vezes ficamos como que alheados daquilo que realmente importa PARA TODOS NÓS. Este excerto realça esse aspecto da nossa existência, em que nos esgotamos sem perceber bem porquê, e em prole de coisa nenhuma, pelo menos no que respeita aos anseios da alma e coração. Construir um império com base no materialismo, é apenas isso... Quem de nós já viu alguém morrer e nessa hora ficar feliz porque deixa uma fortuna incalculável. Como seres de luz, precisamos apenas disso - da energia da luz - através de emoções positivas e da necessidade de amor incondicional por nós e pelos outros. Assim, qualquer um parte em paz. é tudo o que precisamos para partir para outro plano. Perceber e sentir o calor, o afago, o afeto no coração dos que deixamos por hora.  
Desculpem, não pretendo colocar em estado de choque quer quer que seja, mas na verdade é tempo de encararmos a verdade. Morremos e reencarnamos. Quem morre na energia da vingança, ódio, raiva, tristeza... é assim que voltará numa próxima vida.Para quem acredita na reencarnação fica fácil aceitar a morte e todas estas ideias, para quem não acredita, sabe no entanto que o amor é a fonte de tudo o que existe e por isso quem morre deverá morrer na energia do AMOR.

Beijinhos  Renascidos!
Isa de http://viverossonhos3.blogspot.pt/


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Porque estamos aqui?

por Viver os Sonhos, em 08.04.13
Não é nenhuma novidade que o dinheiro, as viagens, o estatuto social, beleza e outras coisinhas mundanas são sonhos de consumo de muita gente, mas não dão sentido à vida de ninguém. A única coisa que justifica a nossa existência são as relações que se constrói. Só os afetos é que compensam a gente percorrer uma vida inteira sem saber de onde viemos e para onde vamos. Diante da pergunta enigmática - por que estamos aqui? - só nos consola uma resposta: para dar e receber abraços, apoio, cumplicidade, para nos reconhecermos um no outro, para repartir nossas angústias, sonhos, delírios. Para amar, resumindo...

Martha Medeiros

A nossa maior e talvez única Missão da vida é simplesmente amar. O resto vem por acréscimo. Mas, infelizmente vivemos numa sociedade em que a questão do amor e dos afetos é secundário e sucumbe ao consumismo desenfreado e necessidades materiais. A guerra dos Mundos começa muitas vezes nos círculos de pessoas que conhecemos e infelizmente até mesmo no seio de muitas famílias. Vamos parar de dar importância aos sonhos de consumo? Já temos tudo se tivermos o nosso amor e o dos outros. 
O Universo ensina-nos e mostra-nos isso de várias formas mas o medo do futuro, a insegurança financeira projeta a nossa mente para a liderança da nossa vida... e o amor fica perdido algures... e por isso metade da população mundial está em depressão temporária, ou definitiva.   
Partilhar sonhos não é defender que se viva com a cabeça no ar e  não se concretize nada. Definir sonhos é traçar projetos de vida, é escutar o nosso coração e seguir o propósito da nossa alma.

Beijinhos afectuosos!
Isa do blogue viverossonhos3

Espero por si no Facebook e que goste da página que construo com dedicação e amor. Espreite aqui a página

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Vale sempre a pena...

por Viver os Sonhos, em 04.02.13
Talvez eu venha a envelhecer rápido demais.
Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.

Talvez eu sofra inúmeras desilusões no decorrer de minha vida.
Mas farei que elas percam a importância diante dos gestos de amor que encontrei.

Talvez eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais.
Mas jamais irei me considerar um derrotado.

Talvez em algum instante eu sofra uma terrível queda.
Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.

Talvez um dia o sol deixe de brilhar.
Mas então irei molhar-me na chuva.

Talvez um dia eu sofra alguma injustiça.
Mas jamais irei assumir o papel de vítima.

Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos.
Mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderão na minha direção.

Talvez numa dessas noites frias,eu derrame muitas lágrimas.
Mas não terei vergonha desse gesto.

Talvez eu seja enganado inúmeras vezes.
Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar alguém merece a minha confiança.

Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros.
Mas não desistirei de continuar trilhando o meu caminho.

Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades.
Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.

Talvez algumas pessoas queiram o meu mal.
Mas continuarei a plantar a semente da fraternidade por onde passar.

Talvez eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo da música.
Mas então, farei com que a música siga o compasso dos meus passos.

Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris.
Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.

Talvez hoje eu me sinta fraco.
Mas amanhã irei recomeçar, nem que seja de uma maneira diferente.

Talvez eu não aprenda todas as lições necessárias.
Mas terei a consciência que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.

Talvez eu me deprima por não ser capaz de saber a letra daquela música.
Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.

Talvez a vontade de abandonar tudo torne-se a minha companheira.
Mas ao invés de fugir, irei correr atrás do que almejo.

Talvez eu não tenha motivos para grandes comemorações.
Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.

Talvez eu não seja exatamente quem gostaria de ser.

Mas passarei a admirar quem sou.
Porque no final saberei que, mesmo com incontáveis dúvidas, eu sou capaz de construir uma vida melhor.
E se ainda não me convenci disso,
é porque como diz aquele ditado :
“ainda não chegou o fim".

Porque no final não haverá nenhum “talvez” e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia“.

Aristóteles Onassis
Queridos amigos sonhadores!
Após a leitura deste belo poema, atrevo-me a dizer que vale sempre a pena quando a ALMA não é pequena. 
 
Beijinhos valiosos! 
ISA  

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Mensagens


subscrever feeds